Maneiras de Sever

O Maneiras de Sever é um projecto de Design para a Inovação Social, que surge em 2013 da parceria entre o Mestrado em Design da Universidade de Aveiro e a Fundação de Edite Costa Matos - Mão Amiga, tendo como objectivo fixar a população jovem do concelho de Sever do Vouga, através da criação de sentimento de pertença pelo território, com auxilio de ferramentas multimédia. Esta exposição pretende mostrar Sever do Vouga aos Severenses e ao Mundo, através de abordagens criativas e muito genuínas de quem vive (n)este concelho, resultando em novas experiências tácteis, visuais e auditivas No seu ano de implementação (2013), 30 alunos do Agrupamento de Escolas de Sever do Vouga (10º e 12º anos), abordaram o concelho de uma perspetiva artística, através da fotografia, do som e do vídeo. A primeira exposição “Maneiras de Sever” consistiu evento de um fim-de-semana, onde, para além de se encontrarem expostos os vários trabalhos desenvolvidos, contou com momentos musicais severenses, que atraíram ao Centro de Artes e Espetáculo (CAE) várias centenas de visitantes. Com uma interrupção de cerca de 2 anos, em que se trabalhou o Projeto de forma a torná-lo mais inclusivo e mais rico, realizou-se no ano letivo de 2015/2016 a IIª Edição do “Maneiras de Sever”, tendo participado pela primeira vez o 1º CEB, no ambito do “Maneiras KIDS”, alargando as técnicas envolvidas com a introdução do desenho, maquetes e recortes, entre outras interpretações artisticas. Participaram 400 alunos. Actualmente, esta exposição é uma bienal, sendo o único projeto a nível nacional que trabalha com jovens numa tentativa de combater a desertificação populacional que se tem vindo a registar nos últimos anos em muitos concelhos de Portugal, procurando ser facilitador de sentimento de pertença e promovendo embaixadores do conhecimento. Na IIIª Edição, apresentamos mais modelos de trabalho, como interpretações musicais, cénicas, e poéticas, desenvolvidos pelos mais de 650 alunos em conjunto com os cerca de 20 professores envolvidos. Posteriormente, o projeto sairá das portas do CAESV, sendo levado a todas as freguesias, numa exposição intenerante, e Street Art que será desenvolvida em alguns locais do concelho. CONHEÇA O NOSSO CANAL DO YOUTUBE | SAIBA MAIS SOBRE O PROJETO AQUI

DESCUBRA A NOSSA GALERIA

 

TESTEMUNHOS

“O projeto foi muito interessante porque deu para ver o que temos de melhor.” (Soraia, 12º D) “Fizemos um vídeo em que retratamos usos e costumes de Sever, como o rancho , as vindimas, as desfolhadas ou a gastronomia.” João, 14 anos. “Cantamos o hino da nossa escola de maneiras diferentes, eu escolhi o rap. Aprendemos um bocadinho da nossa história.” Lurdes, 9 anos. “Escolhemos um sitio da terra e tentamos representá-lo através da pintura.” (Leonor, 11 anos) “Considero muito meritório o trabalho de recolha de material cultural e recreativo.” (Darlene, professora de Artes)

Pedido de Informações